terça-feira, 19 de janeiro de 2010

crônica




Carta guardada na web



Oi meu amor
Saudades de ti! As férias estão boas?
Escrevo esta carta porque não tenho coragem de falar dos meus sentimentos diante de ti, de olhar nos teus olhos. Tenho medo das suas reações e expressões, mas você tem um lugar mais que especial dentro de mim.
Quanto esperava por este momento de falar o que eu sinto por você, mas a coragem me faltou e só agora que eu a conquistei.
Quantas vezes passei perto de ti (ô loucura) queria te abraçar, te beijar, mas não conseguia ao menos falar um oi.
Lembra daquele dia que você puxou conversa comigo perguntando se a biblioteca estava aberta, suei até frio pra dizer que ela estava fechada e só abriria às 13h.
Eu sentado lá trás e você lá na frente. Eu, ‘o burro’, você, ‘a inteligente’. Contemplava a sua alegria ao fechar uma prova e ao mesmo tempo me angustiava por não poder festejar contigo, pois eu tinha tirado menos que a média.
Foi surpreendente quando mandei um convite pra você me adicionar no Orkut, esperava ansioso sua resposta, e você carinhosamente disse “tah acc, seja bem vindo pão” (ela sabia meu apelido), quase cai da cadeira de tanta felicidade, só o meu monitor pôde ver isso. Eu tinha poucos amigos, então quase não compartilhei isso.
A expectativa maior foi quando eu pedi o seu MSN, e novamente com muita gentileza ela passou e eu adicionei. Eu imaginava “ufa agora vou poder falar tudo o que eu sinto por ela”, mas não consegui travei no meio do caminho. No MSN só falávamos das provas, dos exercícios, dos trabalhos (que saco!).
É muito angustiante amar alguém e não conseguir expressar isso. Odeio a timidez, meu sonho era ser mais ‘livre, leve e solto’, mas pesava essa droga.
Queria tanto poder entregar essa carta pra ti, mas a minha coragem já se foi de novo, quem sabe algum dia você a lê na internet.


Bjos de quem te AMA demasiadamente!


Seu Pãozinho


3 comentários:

  1. vc não parece ser o tipo de cara que escreve cartas declarativas para amores secretos...

    ResponderExcluir
  2. eu nao sou o personagem naum. inspiração literária rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Coitadim dessa pessoa, vivi encontros desencontrados (bqihybckiF, terrível isso hein), Mas como dizem por aí, a única coisa que podemos fazer com os sofrimentos e limites é transformá-los em beleza....huhuuhuhhh
    è só ele ficar calmo, MSN é o remédio eficaz para timidez.....kkkkkkkk

    (ministério da saúde adverte: o uso prolongado de MSN pode causar dependencia)

    Falouuuuuu...

    ResponderExcluir