domingo, 15 de março de 2009

O capitalismo ‘em Deus’

“Ao chegar ao Templo e se deparar com a quantidade de vendedores que ali comercializavam mercadorias, Jesus toma um chicote e expulsa os comerciantes daquele local sagrado.”

A religião, forma que o ser humano busca de encontrar uma divindade, está sendo corrompida pelo poder do capitalismo. Na base das religiões está infundida a ganância humana, o desejo do poder, a vontade de ter. Por mais que haja manifestação do Divino, elas são compostas de homens que estão sujeitos a errarem.

O que Jesus quis dizer com o ato de expulsar os comerciantes do templo?

Ele queria que o templo, lugar sagrado, não fosse corrompido pela comercialização, dessa forma ele ataca os alicerces da sociedade judaica. Creio que ele já tinha noções do capitalismo e devia imaginar como isso infundiria no cristianismo hoje.
O povo vai a Jerusalém para celebrar a libertação. Mas o que aí encontra é a maior exploração. Pior ainda: parece que Deus está de acordo com tudo isso. A Páscoa não é mais a festa do povo que celebra e revive a libertação, mas a festa das lideranças exploradoras, que se aproveitam do momento para oprimir mais ainda o povo.
Jesus é contrário a essa exploração, expulsando-os Ele declara inválido todos os sacrifícios, bem como o culto que se sustenta graças à ela.
A venda de objetos, fitas, sal grosso nas Igrejas mostra como o poder do dinheiro chegou a esse âmbito, claro, aproveitando da simplicidade e da fé das pessoas. “Se você não está prosperando é sinal de que Deus não está manifestando na sua vida”. Muitas igrejas por aí usam esse jargão, preocupadas com o crescimento econômico de seus fiéis e da instituição. Há uma cobrança chata, persistente nos cultos, reuniões em que pedem, pedem, pedem... “É preciso dá os 10% para Deus;”
Deus não precisa de dinheiro, por que toda essa cobrança? Não posso deixar de levantar este ponto, as igrejas precisam sobreviver, têm gastos. Mas para cobri-los existem as contribuições das pessoas. Continuamos concretos na afirmação “Deus não precisa de dinheiro”, quem precisa são as igrejas.



Cuidado!

Surgirão anúncios:

> Por apenas R$ 20.000,00, terreno de 30 m² no céu ao lado do trono de Deus.
> R$ 15.000,00, casa com 2 quartos, 1 sala, 1 cozinha, 1 copa, 2 varandas e com um terraço ótimo. Perto da casa de Abraão.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo blog Fael, vc está de parabéns!
    Como você mesmo disse, opiniões temos aos montes, mas é fundamental lutar pelo direito de expô-las.
    Fico muito feliz que você esteja exercendo esse direito. Escrever na atualidade, independente do tema, é algo complicado. Ainda mais na internet, onde as informações se misturam às opiniões. Mesmo assim, continue, vc verá o quanto um blog pode transformar nossas vidas! Beijo grande, Fique com Deus!
    Caroline Farinazzo

    ResponderExcluir